Smartphone Sony Xperia Z1

A partir de:

R$ 2.399,00

Veja histórico de preços dos últimos 30 dias

Me avise quando o produto cair de preço

Alerta de Preço
Me envie um e-mail quando o preço chegar a:
26° no Ranking de: Celular e Smartphone
Publicidade

Histórico de preços

Histórico de preços

Me avise quando o produto cair de preço

Alerta de Preço
Me envie um e-mail quando o preço chegar a:
::: Assista aqui nosso vídeo review :::

No embalo de lançamentos de smartphones, a Sony é uma das empresas que não quer ficar para trás. A linha Xperia já tem uma família grande de smartphones, tanto de entrada, quanto high-end. E hoje testamos o Xperia Z1, um smartphone que tem mais recursos do que um canivete suíço.

Configuração parruda e com TV digital


Sem delongas, o Xperia Z1 é um super smartphone. Utiliza processador Snapdragon 800, de 2,2 GHz e 4 núcleos, GPU (processador gráfico) Adreno 330 e 2 GB de memória RAM. O armazenamento interno é de 16 GB e há um slot tipo micro SD para expandir até mais 64 GB. O Android instalado é o Jelly bean, versão 4.2.2 e a Sony informou que será atualizável para o KitKat (versão 4.4).

Quanto à conectividade, além do Wi-Fi (padrão 802.11 b/g/n/ac) e Bluetooth, o Z1 é compatível com rede 4G, tem NFC, conexão Miracast (conecta conteúdo na TV sem usar fios), usa tecnologia MHL (para conectar à TV pela micro USB e exibir vídeos em full HD) e ainda tem TV digital. Ah, sim, também tem rádio FM.

Design e acabamento - à prova de água e poeira


O Xperia Z1 é um smartphone grande. Suas dimensões são de 14,4 centímetros de altura por 7,4 cm de largura e apenas 0,85 cm de espessura. O peso é de 170 gramas. A tela é de 5 polegadas. Apesar de ser grande, ele não é o maior; podemos citar exemplos como o Xperia Z Ultra, também da Sony e o Galaxy Mega, da Samsung, que usam telas maiores do que 6 polegadas.

Mas apesar de grande, o Z1 tem a vantagem de ser muito fino. O design é totalmente plano na frente e na traseira. As bordas perto da tela e da parte de trás são ligeiramente curvas, o que deixa o celular bastante anatômico e assim difícil de escapar da mão. A parte frontal é toda coberta pelo vidro Gorilla, tecnologia desenvolvida pela Corning, que resiste a arranhões e pequenos choques.

O mais interessante da parte física é que o Z1 é resistente à água. Ele pode ser mergulhado na profundidade de até 1,5 metro por 30 minutos. E também resiste à poeira. Todos os botões são vedados internamente. O conector USB e os slots para cartão micro SD e chip SIM são protegidos por pequenas tampas que usam um fio de borracha que circunda a borda da tampa. O fone de ouvido possui vedação interna, portanto não precisa de tampa. Entrei em uma piscina com ele e o fato é que pude usar as funções do Z1 sem que nada estragasse. E isso foi bem legal de ver. Apenas por curiosidade, o Z1 segue a norma IP58, criada pela Comissão Internacional de Eletrotécnica, que certifica que o produto é resistente à água e poeira.

Tela


O Xperia Z1 tem uma tela de 5 polegadas, usa tecnologia LCD, mas com tecnologias da Sony que aumentam a nitidez e contraste. Bom, primeiro é bom dizer que a tela tem resolução full HD e densidade de 441 pixels por polegada, características que já garantem uma ótima definição de imagem. Mas a Sony aproveita suas tecnologias de tela de TV e as usa nos smartphones. No caso do Z1 ela utilizou a Triluminos, que permite uma gama de cores 50% maior do que as telas de LCD tradicionais.

E usando o telefone, realmente se percebe muita fidelidade de cores entre original e o que está na tela. Fácil perceber isso quando se tira fotos. Outra tecnologia utilizada é a X-reality motor, que processa as imagens para serem exibidas na tela do Z1 sem ruídos, com melhor contraste e saturação. o Software divide o sinal em vários componentes, como contraste, textura e cor. A partir disso entra em ação o algoritmo para processar esses componentes de modo a obter a melhor imagem no equilíbrio entre eles.

Bom, citadas as tecnologias, o importante é dizer que a qualidade dos vídeos e fotos exibidas na tela do Z1 é ótima. Os jogos também se saíram muito bem. As cores são realmente nítidas e qualquer degradê é bastante suave, oferecendo uma experiência visual muito boa.

Desempenho


Com uma configuração topo de linha já era esperado que o Z1 se saísse muito bem nos testes. Os aplicativos rodam lisos, sem lags ou travamentos. Jogos famintos por hardware, como Real Racing 3, Asphalt 8 e Dead trigger 2 também foram muito bem aproveitados no Z1, com uma experiência de jogo excelente.

Também rodamos benchmarks, aplicativos que mensuram capacidade de processamento. Eles testam CPU, GPU (processamento gráfico), acesso a memória e acesso a armazenamento. No fim exibem uma pontuação que serve para efeito de comparação com outros celulares.

Primeiro rodamos o Antutu Benchmark X edition, que atingiu 34.141 pontos. No benchmark Quadrant, o Z1 marcou 20.903 pontos. Foram as maiores pontuações atingidas por um smartphone até agora. Você pode comparar estes resultados com outros smartphones que já fizemos testes.

Câmera - tecnologias de câmeras compactas


Outro ponto forte do Xperia Z1 é a câmera, que tira fotos em 20,7 Megapixels. Mas a quantidade de pixels é o de menos. O que é relevante mesmo é o tamanho do sensor, que é um dos maiores para smartphone, só perdendo para o Lumia 1020.

Além disso, a câmera utiliza um conjunto de lentes chamado de lentes G, uma tecnologia desenvolvida pela própria Sony e que é utilizada nas câmeras compactas da Sony. Outro componente que está presente na câmera do Z1 e também nas câmeras da Sony é o processador de imagens Bionz, desenvolvido pela Sony para tirar o máximo proveito das lentes, como o ajuste rápido de foco e velocidade em processar as fotos e vídeos.

O importante aqui não é explicar cada item de hardware da câmera, mas sim entender que Z1 usa as mesmas tecnologias das câmeras digitais compactas da Sony. Portanto é um smartphone que faz fotos e vídeos com alta qualidade.

Qualidade das fotos


O software da câmera do Z1 está muito bem customizado para o hardware. O foco automático é feito rapidamente e assim que disparamos não há diferença de tempo entre o ajuste de foco e disparo. Há também o foco manual, no qual tocamos na tela para focar exatamente aquilo que desejamos, portanto é possível fazer experiências com camadas, como por exemplo focar um assunto que está perto e desfocar o que está em volta.

A qualidade das fotos em ambientes claros é excelente, com foco preciso, com recurso de estabilização e cores fieis ao original. Em ambientes com pouca luz, as fotos ficam com ruídos, onde é possível perceber os pixels.

É preciso explicar um detalhe: as fotos em 20,7 megapixels somente são feitas no modo manual. No modo automático as fotos saem, no máximo, com 8 megapixels. Como disse, isso é um detalhe e não compromete a qualidade da foto. A função de uma foto grande é que você consegue focar um objeto distante e mesmo assim este objeto ainda consegue ser visto com perfeição.

Mas no modo manual é possível ajustar o balanço de branco, medição (que ajuda no efeito de foco), o tipo de foco (amplo; pontual; detecção de rosto e foco automático) e o ISO, no qual é possível escolher entre os valores de 50, 100, 200, 400 ou 800.

Isto significa que o modo manual não é tão manual assim. Isso não chega a ser um ponto negativo porque as fotos obtém um ótimo resultado, mas os ajustes são limitados para um modo chamado de manual. Por exemplo, as fotos noturnas acabam por ficar com ruídos, pois o ISO não alcança o máximo da câmera neste modo, que é de 3.200. Enfim, a câmera do Z1 faz ótimas fotos, mas o concorrente Lumia 1020, por exemplo, que também tem uma ótima câmera, permite brincar mais com os recursos.

Quanto à gravação de vídeos, o destaque fica por conta da ótima qualidade em full HD e pela função steadyshot, que estabiliza o vídeo de uma forma que parece que foi gravado em um tripé. E também é possível tirar fotos durante a filmagem.

Outros destaques da câmera do Xperia Z1


A câmera tem recursos que valem a pena destacar. A função Info-eye usa o serviço Google Goggles para tirar foto de um local ou objeto e assim obter informações sobre eles. É bem interessante para usar em viagens. Outra função é a sequência de timeshift, que tira 60 fotos em 2 segundos e então é possível escolher a melhor. Bem legal para fotografar esportes ou qualquer outro assunto que tenha movimentos rápidos; a captura é realmente bastante rápida e se obtém ótimas fotos.

A função social live permite gravar um vídeo e transmiti-lo em tempo real para o facebook. Sim, é verdade, é necessário uma boa conexão com a web para o vídeo ser bem transmitido, mas isso faz parte da qualidade da rede de celular do Brasil. O fato é que a função funciona e é interessante se vc quiser compartilhar um evento ao vivo. E o último destaque vai para o recurso de foto panorâmica, que monta uma foto de de lente grande angular, que é ótimo para usar em paisagens.

Duração de bateria


Outro ponto forte do Xperia Z1. Com uma bateria de 3.000 mAh, cerca de 900 mAh a mais do que a média dos smartphones, o Z1 se saiu bem nesse quesito. Usamos nosso teste padrão: tiramos o aparelho da tomada às 8 horas da manhã. Fizemos dez fotos e um vídeo de cinco minutos. Em seguida usamos o GPS por 30 minutos (com acesso a web via 3G para carregar o mapa). Fizemos chamadas no total de 30 minutos. Navegamos na web durante três horas (acessamos sites, e-mails e redes sociais). Jogamos por 20 minutos. Mais 15 minutos foram usados para exibir as fotos e o vídeo feitos e 10 minutos de vídeo pelo Youtube.

Importante dizer que deixamos o brilho da tela no automático, o que era suficiente para visualizar tudo com conforto. E boa parte do dia, o aparelho ficou em stand by. E para economizar o máximo de energia possível, desligamos a sincronização automática das redes sociais, e-mail e a procura de redes Wi-Fi, itens que consomem boa parte da energia. O Bluetooth também não foi utilizado. Nestas condições restavam 50% de energia às sete e meia da noite.

Se o Z1 for utilizado moderadamente, a bateria suporta um dia mais até o fim de um dia de trabalho. Nada mal para um smartphone com tela de 5 polegadas e cheio de recursos.

Conclusão

Rene RibeiroPor: Rene Ribeiroem 23/12/2013

Sem dúvidas, o Xperia Z1 é um smartphone top-de-linha em todos os quesitos. Os benchmarks e testes práticos comprovam isso. A tela tem ótimo brilho e contraste, exibindo cores vibrantes e fieis ao original no caso de fotos. A câmera faz excelentes fotos no modo automático e ainda há destaque para a função timeshift e info-eye (veja detalhes no review). Além disso o Z1 é a prova de água e poeira, testado e comprovado por nós. Além do armazenamento de 16 GB, ele também tem slot micro SD para expansão. Por fim, a conectividade fica por conta de, além do Wi-Fi e Bluetooth, também 4G e NFC. Com tudo isso, ficou difícil encontrar um ponto negativo.

Contras:

- Posição da lente facilita que o dedo fique na frente;
- algumas configurações e modos de cena só funcionam em 8 MP.

Prós:

- Ótimo desempenho;
- ótima tela;
- ótima câmera;
- a prova de água e poeira;
- espelhamento da tela para a TV via Wi-Fi;
- saída MHL (vídeo em alta definição pelo conector micro USB).

Opinião dos Consumidores

9Baseada em 406 opiniõesEnvie sua opinião
Resolução
          10
Funções e Características
          10
Facilidade de Uso
          9
Duração da Bateria
          8
Durabilidade
          8
Display
          9
Design
          10
Custo-Benefício
          7
Câmera
          9
90%Dos consumidores recomendam este produto

O que dizem os consumidores sobre esse produto:

Comparando com os concorrentes

 
Produto
Smartphone Nokia Lumia 1020
Smartphone Sony Xperia Z1
PreçoAvise-me quando estiver disponívelR$ 2.399,00
Posição no Ranking de
Celular e Smartphone
-26°de 514
Prós
  • Excelente câmera para um smartphone;

     

  • Ótima tela;

     

  • Bom desempenho.

  • Ótimo desempenho;

  • Ótima tela e câmera;

  • À prova de água e poeira;

  • Espelhamento da tela para a TV via Wi-Fi;

Contras
  • Não tem slot para cartão de memória;

     

  • Não tem saída HDMI e não é compatível com MHL.

  • Posição da lente facilita que o dedo fique na frente;

  • Algumas configurações e modos de cena só funcionam em 8 MP.

Tela, acabamento e desempenho:

A tela de 4,5 polegadas com 1280 x 768 pixels de resolução e o Nokia PureMotion HD garantem ótima visualização e conforto visual. O design imita bem o Lumia 920 e o acabamento é de policarbonato. O processador Snapdragon S4 Plus (Dual-core) de 1,5 GHz e a memória RAM de 2 GB fazem o 1020 rodar sem problemas. O armazenamento tem 32GB sem expansão.

A tela tem 5 polegadas e 441 PPI, resolução full HD e maior gama de cores que a maioria das telas LCDs. É grande e fino, possui design anatômico e vidro resistente, e ainda é à prova de água e poeira. Com processador Snapdragon 800 e 2 GB de RAM, tem ótimo desempenho, sem travamentos. O armazenamento é de 16 GB , com slot de expansão de até 64 GB. 

Conectividade, câmeras e bateria:

Pronto para o 4G, ele também vem com Wi-Fi, Bluetooth e NFC. A câmera tem um sensor de 41 MP, só que a resolução real é de até 38 MP, mas resultam em fotos e vídeos surpreendentes para um celular. A bateria de 2000 mAh dura o dia todo longe da tomada e com uso moderado (em nossos testes, das 8h às 19h30, restaram 20%).

Vem com Wi-Fi, Bluetooth, 3G, 4G, NFC, conexão Miracast, MHL e TV digital. A câmera tem até 20,7 MP (modo manual) e 8 MP (modo automático). Faz vídeos em full HD com ótima estabilização, mas perde qualidade em ambientes com pouca luz. A bateria de 3.000 mAh suporta muito bem um dia de uso moderado (em nossos testes, das 8h às 19h30, restaram 50%).

Ficha técnica

Informações Básicas
TipoSmartphone
MarcaSony
LinhaXperia
ModeloZ1
Câmera
Câmera Traseira20.7 Megapixels
Funções da CâmeraFlash, Foco Automático
Câmera Frontal2.0 Megapixels Frontal
Tela
Tamanho da Tela5.0 polegadas
Tipo de TelaTFT
Resolução1080 x 1920 Pixels
Hardware
ProcessadorQualcomm Snapdragon 800 MSM8974
Velocidade do Processador2.2 GHz
Memória Interna16 GB
EntradasFone de Ouvido, USB 2.0
Software
Sistema OperacionalAndroid
VersãoJelly Bean
Características e Conectividade
RecursosBluetooth, MP3 Player, Rádio
Bateria
Bateria3000 mAh
Autonomia em Stand-by880 Horas
Autonomia em Conversação13,5 Horas
Dimensões
Largura74 mm
Altura144 mm
Profundidade8,5 mm
Peso170 g